terça-feira, 30 de agosto de 2011

Viagem

Penso que o responsável pelo meu gosto musical foi meu irmão Zé. Sempre o chamei assim, achava gostoso demais. Quando meu pai morreu, eu tinha 5 anos e morava em Maringá, minha cidade natal. Depois do acontecido, meu irmão Zé, que morava já há algum tempo no Rio de Janeiro, nos "adotou", e viemos todos morar aqui, minha Mãe, Marina, Miguel e euzinha pequenininha. Então ele se tornou a figura masculina de referência em minha vida, fazendo muito bem o papel de pai. Só que um pai mais liberal, um pai-amigo-irmão. Me ensinou quase tudo e uma das coisas foi o bom gosto pela música. Ele adorava o Fagner. Ouvíamos este LP quase até "furar". A música que você vai ouvir agora, é uma poesia de Ferreira Gullar que o Fagner musicou. Eu e o Zé a cantamos juntos várias vezes, porque ela descreve a dualidade de todo o ser humano e ele, que era um psicólogo muito competente, adorava tudo que pudesse deixar isso claro. Ele dizia: " ninguém é só um lado, somos frente e verso, avesso e direito." Vamos então traduzir isso nesta canção.






Tenha um dia feliz!

Bjos, :*)  :*)  :*)





4 comentários:

✿ chica disse...

Essas referências marcam mesmo,não? Linda música.beijos, tudo de bom,chica

casa de fifia disse...

oi
eu também adoro Fagner,
amei conhecer você um pouquinho mais, linda historia de vida!!!

baci

Anônimo disse...

Nas andanças da vida, tive a felicidade de conviver com o Zé, ficamos muito amigos, veio a Porto Alegre passou uns dias conosco e aqui conquistou o coração de toda minha família, meu pai ficava horas de papo com Ele (meu pai era intelectual auto didata, estudou ate terceira serie, mas lia feito maluco. Nos passeamos por muitos lugares, e ouviamos muita musica, lembro de Pink Floyd,. Fui algumas vezes ao Rio, e sempre encontrava com Ele. Doce saudade......
Bira Brites

Ana Maria ( Jeito de Casa ) disse...

oi Norma


Que linda essa referência que tens do teu irmão, ele assumir a família e ser um pai mostra o coração dele!!!!
Imagino que momento marcante perder seu pai assim novinha, mudar de cidade... nossa não deve ter sido fácil.
a musica esta demorando muto pra carregar e não vou ouvir agora, depois passo novamente.

bjo amiga