terça-feira, 2 de agosto de 2011

Viagem

Quando ouvi esta música pela primeira vez, fui tomada por toda a emoção suave que ela carrega. Milton fez e música depois de ver repetidas vezes o filme " Conta comigo", estrelado pelo jovem ator americano, River Phoenix. Uma poesia que aconteceu certamente por um sonho. Milton viu o filme tantas vezes, e a escreveu. Eu a ouvi tantas e tantas vezes e a percepção de sua beleza e grandiosidade só aumentaram. Esta canção faz parte de um disco vinil ainda, que Milton gravou lá pelos idos dos anos 90, não sei bem, chamado "Miltons". Como tudo que ele produz, o disco é impecável e as canções maravilhosas. Mas "carta a um jovem ator" é mesmo especial. Ainda mias que a partir dela, eles puderam se encontrar e ficaram amigos. Pena que River escolheu um caminho sem volta e partiu prematuramente. Posso visualizar esta história como um filme, que "vi" muitas vezes ao ouvi-la repetidamente. Eu a ouço quase que diariamente e me emociono a cada vez. Imagino o que sente Bituca, autor desta preciosidade. Agora é sua vez. Ouça esta beleza. Melodia que nos transporta pra outra estratosfera e letra maravilhosa. Aqui não é o Facebook, mas pode curtir a vontade!




River Phoenix

Se um dia a gente se encontrar
e eu confessar
que vi um filme tantas vezes
para desvendar os olhos teus
E se a gente se falar
contar as coisas que viveu
o que esperamos do amanhã
será que pode acontecer?
Pois, paralelo ao personagem,
eu quis saber mesmo é de ti
Queria que fosses feliz
uma água calma a inundar
a sua margem de carinho
um peito aberto a quem chegar
Como o teu nome, diferente
Uma paisagem nos induz
Uma paisagem de inocência
Mas que se sabe e que conduz
Conduz agora este momento
O pensamento e os olhos meus
brilhando de emoção e grato
alguém que só te conheceu
num filme que viu tantas vezes
Este poema aconteceu

Bom dia!!!
:*)  :*)  :*)






11 comentários:

✿ chica disse...

Simplesmente linda...beijos,tudo de bom,chica

ANGELA disse...

Me emocionei de verdade!Linda,linda,linda!Obrigada por esse presente!Ótima semana!Angela.

Angela Bergamaschi disse...

bom dia querida...bjos

Ana Amélia disse...

Norma, Thiago deu o recado... Domingo fiquei fora de casa o dia todo e ontem também.Já estou nota 10 da alergia.Bj

LUIZ MALVINO disse...

Luiz Malvino - CURTIU !!!

Anônimo disse...

Neste dia escuro e frio,uma bela musica, faz brilhar algo bom em nosso coração....
Obrigado, esse é mais um belo presente que tu nos oferta em teu blog...
Lindo e Feliz dia para ti e teus seguidores daqui!
Bira Brites

milu disse...

Como me ensinas querida!!!Obrigada!!!Bjs.

Anônimo disse...

Norma,
eu conhecia a história, mas nunca tinha ouvido a música.
É, realmente, muito linda.
Obrigada.
Bjs.
Myrian

Ilaine disse...

Se um dia a gente se encontrar...

Adoro o Milton, amiga querida! Esta música, a voz... Tudo demais. Tudo brasileiro- que tem meu jeito, meu ritmo. Obrigada pelo belíssimo post. Estou só saudades - sou somente brasileira, por todos os poros, em todo o líquido que corre em minhas veias. E então a emoção transborda, é impossível contê-la toda.

Guria, eu fui lá na Mariacininha! Só você mesmo para indicar a ela o meu blog. Obrigada por isto!

Bom, os seus trabalhos são a incorporação do belo. Que bom, Norma, que me mostraste o caminho... A blogosfera é ilimitada e pode nos ensinar coisas lindas. Há em seus caminhos pessoas maravilhosas.

Beijo

Ana Maria ( Jeito de Casa ) disse...

Milton só tem letra linda!!!!!!!!

bjooooo

Regina disse...

Norma, não vou mentir pra você. O filme eu vi várias vezes, mas eu não conhecia essa música de Milton. Vou ter que ouví-la mais vezes para entender sua beleza.
E bom motivo para vir aqui e escutá-la :)