sexta-feira, 3 de junho de 2011

O olhar

" A primeira tarefa da educação é ensinar a ver. É através dos olhos que as crianças tomam contato com a beleza e o fascínio do mundo. Os olhos têm de ser educados para que a nossa alegria aumente. As crianças não veem " a fim de ". Veem porque é divertido ver. Educar é mostrar a vida a quem ainda não viu. O educador diz: " veja! - e, ao falar, aponta. A criança olha na direção apontada e vê o que nunca viu.
O seu mundo se expande. Ela fica mais rica interiormente, ela pode sentir mais alegria e dar mais alegria - que é a razão pela qual vivemos. "
                                                                Extraido do livro: Do universo à jabuticaba - Rubem Alves




Foto: Daniele


Feliz sexta feira pra você!!!
Bjos, :*)  :*)  :*)

16 comentários:

✿ chica disse...

Que lindo!Um beijo e adorei falar contigo novamente ontem! Tudo de bom,chica

Rosana Sperotto disse...

Lindo! Rubem Alves diz tudo, né? Que a gente persiga esse olhar de criança, que procure ver como se fosse pela primeira vez. Beijos!

LUIZ MALVINO disse...

Nos dias atuais torna-se necessário e urgente o ofício de ensinar aos nossos filhos este olhar. A sensibilidade, o carinho, o afeto, o amor... Tudo depende deste olhar. Tudo depende de saber olhar.
E aí, dirigindo o olhar para a Mãe Natureza tão castigada, somente eles - os nossos filhos e netos - por nós orientados, no futuro, poderão, com certeza, reverter a situação.

Rubem Alves é mesmo um ser de olhar e sentimentos de sábio.

Mariacininha disse...

Por isso acho importante a gente conserva nossos olhos de meninos (as), porque só assim podemos encontrar beleza no mundo, no cotidiano e assim deixar achar tudo obvio,chato...
Eu guardo a 7 chaves meu olho de menina, e garanto que você também.

Beijos

angela disse...

adorei...
assim como adorei te conhecer, grata pela visita, quanto ao kefir, quase sempre é por doação, todos doam, eu vivo doando para os proximos, certamente por ai deve ter alguem que tenha disponibilidade. boa sorte, bjs

Margarida disse...

Gosto mesmo desse senhor. O olhar é, de facto, muito importante, especialmente aquele que vê o que é invisível. E no que é visível, aquele que vê o belo no meio do lixo. Beijinhos.

Regina disse...

Que texto lindo Norma. Quem dera que todos pais e mães pudessem entender isso.
Fui (finalmente) visitar o blog do Malvino, e me encantar. Que marido é esse que faz até patchwork?!?!
Vocês parecem ser um casal Nota 10. Quem sabe ainda um dia a gente se encontra em um bar em Friburgo :)
ps.: gatinhos são bonitinhos, mas eu corro atrás deles (são do vizinho) pois ficam tentando pegar os passarinhos que alimento no meu quintal :(

Daniele disse...

Norminha, infelizmente teremos uma geração de crianças sem amor, sem limites, sem valores, sem família, sem DEUS...só quando a sociedade se der conta do mal que fez é que as coisas começarão a mudar.
Por enquanto, tá todo mundo no oba-oba!
Políticos, pais, escolas, professores...em quem vamos confiar?

Resta-nos pedir a Deus proteção às nossas crianças.

Grata pelo carinho.
Bjs

Daniele disse...

Em tempo, eu não cresci.
Quero dizer, quando cresço fico chata.
Sou feliz mesmo, quando sou criança.

Anna Rachel disse...

Norma minha QueridíssimA Amiga, qta saudade e qta verdade nesse texto.
Pq perdemos essa capacidade incrível q as crianças possuem? Pq mudamos tanto com o passar do tempo?
Precisamos voltar a enxergar como elas para assim aproveitarmos melhor td o q Deus nos oferece a cada novo dia. ;D
Ahhh, fiquei mto feliz por vc ter gostado do PAP de hj lá no bloguito.
Te adoro de montão!!! ;D
Bjs 1000 nesse coração amado.

Ana Amélia disse...

Quem dera que a alegria e a pureza que aprendemos e vivemos quando crianças, não se perdesse com o passar dos anos, o mundo seria o paraíso.Maravolhosos fim de semana para vc.Uma abraço beeeeeem apertado!

Eva disse...

Norma que maravilha, adorei, bjinho, bom final de semana.

Ana Maria ( Jeito de Casa ) disse...

oi Norma

Ótima reflexão!!!!
linda foto do filhote da Dani!!!!!
espero que teu findi esteja ótimo!

bjus amiga

Ilaine disse...

Norma, amiga! Gosto demais do Rubem Alves, parece que tudo o que ele escreve é lindo, não é? Obrigada por vir conhecer meu blog, fiquei muito, muito feliz. Venha mais vezes... estarei esperando.

Quanto a mim... já estou sentindo o aroma de um pão quentinho! Vou ficar! Beijo!

Ilaine disse...

Bolo de milho? Nossa, se aceito! Como vês, já vim correndo para saboreá-lo... Querida amiga, tudo o que escreveu em meu blog é lindo demais, obrigada. Estou só felicidade. Deixo meu afeto!

Quem somos ... disse...

muito legal seu blog, ja stou te seguindo.
www.naldimobilidecorazioni.blogspot.com