quinta-feira, 2 de junho de 2011

Belo Monte

Ontem, os meios de comunicação do país informaram que o IBAMA autorizou a construção da usina hidrelétrica Belo Monte, as margens do Rio Xingú, no estado do Pará. Fiquei muito triste com esta notícia, pois tinha muita esperança de que este projeto fosse vetado, afinal desde os anos 80 se discute sua viabilidade, que uma vez iniciado vai gerar consequencias desastrosas para a população local e um impacto ambiental tremendo, já que o porte da usina fará dela a terceira maior usina hidrelétrica do mundo. Sua implantação irá inundar uma área de aproximadamente 500 km quadrados, numa região de mata exuberante, fauna riquíssima, igarapés que são berçários da vida aquática local. Com o alagamento da região, os moradores ribeirinhos e os índios que vivem da pesca, ficarão a mercê da própria sorte, perdendo seu único meio de subsistência. Até o deslocamento das pessoas será afetado, pois com a inundação, o rio Bacajá, que é a principal via fluvial de transporte dos ribeirinhos e da população indígena, perderá sua capacidade de navegação. Atualmente este é o único meio de se chegar a Altamira, onde se pode encontrar assistência médica, por exemplo. Certamente é um preço muito alto para se pagar, além do custo de 19 bilhões de reais e que alguns especialistas acreditam, pode chegar a 30 bilhões.
Estou muito triste mesmo diante da falta de respeito pela vida humana, pela fauna e flora, afinal a região faz parte de uma reserva ambiental e reconhecida como patrimônio da humanidade. Ali, se encontram espécies, certamente nem catalogadas ainda e que serão destruídas para sempre. O homem de fato, movido pela ambição, atropela e destrói qualquer coisa que esteja no caminho. Sendo o Brasil, um país com tanta diversidade ambiental, tanta riqueza natural, deveria adotar políticas menos impactantes e ter como meta a preservação destas riquezas. Sua dimensão continental permite a construção de várias pequenas usinas, que pudessem suprir necessidades de pequenas regiões, sem um custo tão alto para a natureza. Tantos protestos e argumentos foram usados ao longo desses anos na esperança da não aprovação deste projeto faraônico. Quem de fato seria capaz de impedi-lo??? Quem colocaria o ser humano e o meio ambiente em primeiro lugar??? Estas são perguntas que ficam no ar... daqui há alguns anos aquela região será vista apenas em fotos ou vídeos "educativos" e serão mostrados nas escolas para que nossas crianças possam ver como seria, se não tivesse sido como foi.

Vista aérea parcial da região, onde será construída a Belo Monte.



13 comentários:

✿ chica disse...

Também vi a notícia e senti o mesmo.Impressionante isso! Pena! beijos,chica

Ana Amélia disse...

É uma vergonha essa decisão. E o pior é que, quem nós escolhemos e colocamos lá no governo para serem nossos representantes , são os mesmos que deixam coisas como essa acontecerem. Bjs

Margarida disse...

Partilho da tua tristeza. Realmente, ainda me surpreendo como é que o Homem não vê o que está a fazer a si próprio. Dá um nó na garganta. Pior, dá um nó no corpo todo e na alma. No meio disto, resta aproveitar o que ainda nos resta e esperar na misericórdia de Deus. Não tenho mais consolo...

LUIZ MALVINO disse...

O poder humano é altamente destrutivo... O que nos resta - endossando as palavras da Margarida - é contar com a misericórdia Divina.

Angela Bergamaschi disse...

fazer o que Norma, infelizmente os governantes tem outras prioridades, digo isso diariamente e cada vez mais me convenço disso...bjos

KINHA disse...

Olá Norma

Uma coisa me deixou feliz nesta história toda. A promessa de trabalho para a população local.

Uma ótima noite
Bjooooooooooo..............

http://amigadamoda.blogspot.com

Ana Maria ( Jeito de Casa ) disse...

Oi Norma

É verdade, poderiam fazer outras menores!!! A vida daquelas pessoas vai sofrer uma mudança radical e sem retorno.
Altamira é o nome da minha mae, mas é conhecida como mirinha!


bjus

Regina disse...

Sou a favor do progresso, desde que o alvo seja a melhoria da qualidade de vida das pessoas. Quem sabe as pessoas envolvidas com esse projeto tem alguma consciência ecológica (visão global do planeta) e assegurem que a construção da usina tenha o menor impacto negativo possível para o ambiente. Falo isso pq aqui nessa região que moro, (para fazer uma longa estória curta) qdo estavam construindo uma estrada, uma construção de muitos milhões de doláres, a obra ficou parada por quase 1 mes pois era a época da travessia de tartarugas e eles não queriam pertubá-las. Qdo o projeto recomeçou, um túnel, iluminado, foi construído pra elas. Acredita nisso? :)

jeito simples disse...

Regina, acredito nisso por se tratar de aí ser primeiro mundo. Os governantes são cobrados pelo povo e tem uma consciência que o brasileiro infelizmente não tem.
Os governantes brasileiros não são comprometidos com o povo e sim com seus interesse políticos e econômicos. A Belo Monte, da forma como será implantada vai sim causar um impacto irreparável para o meio ambiente.E os ambientalistas sabem disso e por esta razão houve tanto protesto ao longo desses anos. Eu, de minha parte, não tenho ilusões. feliz é você que tem esta história linda de respeita a vida pra contar!
Bjos

Anna Rachel disse...

Norma QueridA, nem sei o q dizer e ando mto em conflito com essa liberação, pois esse é um dos projetos q pagam meu salário.
Sou a responsável por Qualidade e Seg do Trabalho no Grupo Neoenergia (um dos sócios desse empreendimento) e fazem 2 anos estou "envolvida" nesse empreendimento e outros semelhantes. Muitas vezes, qdo de minhas vistorias técnicas, me pego pensando em td isso q vc escreveu.

Sei q o progresso é necessário e vivo através de obras como estas, mas... od vamos parar?
Desejo q o melhor seja feito para tds os envolvidos.
Bjs e mts abraços.

Ilaine disse...

Querida Norma! É doloroso... Quanta destruição irá causar na fauna e flora e sem falar do desreipeito aos índios. Amei seu texto/grito, é a forma que temos de expressar nossa decepção. Beijo

Anna Rachel disse...

Ilaine, sou a Anna do comentário anterior ao seu e gostaria de esclarecer q em projetos como estes são investidos milhares de dólares com a captura e resgate de fauna, flora, ictiofauna (peixes) e germoplasma (sementes, raízes, folhas, etc).
Todo esse material, principalmente flora e germoplasma geram imensos canteiros de semeadura para replantio em outras áreas.
Os animais resgatados são soltos nas áreas não alagadas e mts outros estudados para serem catalogados pelo governo federal. Enfim... não são perdidos.
Uma das etapas de meu trabalho é fiscalizar exatamente esse tipo de ações. ;D
Não estou justificando os impactos causados, mas expondo que medidas mitigadoras são tomadas para minimizar os impactos.
Bjs 1000 para tds.

Batata Roxa disse...

Oi, Norma,

Concordo com a sua Indignação!
O Homem não têm medidas quando quer alguma coisa. É um absurdo!
Acho que os brasileiros são muito pacíficos. Ou será falta de informação?
Lamento profundamente por tudo issso! Tanto "progressso" para se chegar a conclusão de que a maneira mais simples de vida traz mais Felicidade!
Para que tanto consumismo? As vezes quando ando cedo pelas ruas, vejo a quantidade de coisas que as pessoas jogam no lixo. Por que não pensar antes de comprar?
Vamos buscar Forças Divinas para continuar a acreditar que tudo será melhor!
Beijinhos