segunda-feira, 19 de novembro de 2012

É mais fácil falar?

Cresci ouvindo diariamente os ditos que minha Mãe usava. Eram inúmeros e há algum tempo fiz uma lista dos que minha memória ainda retém. Qualquer hora publico aqui, pois são, a meu ver, extremamente valiosos e cheios de significados verdadeiros, são a pura sabedoria popular.
Entre tantos há um que me intrigou por anos e só fui mesmo descobrir o seu significado quando já era bem crescidinha...
" É mais fácil falar do que calar." Sim, isto me deixava com a cabeça no pé, afinal como poderia ser mais fácil falar alguma coisa do que ficar de boca fechada?!
Bem, ao entender a profundidade deste dito abriu-se um novo horizonte em minha mente. Porque ficar em silêncio exige muitas vezes um esforço sobre humano, principalmente quando a temática remexe com nossas emoções e conceitos arraigados. Temos uma tendência e talvez, necessidade de colocar nossa opinião a todo custo, porém, muitas vezes este custo pode ser revelar alto demais.
Da mesma maneira, a fala não deveria ser qualquer uma.
 A fala é um privilégio que foi concedido a nós humanos e deveríamos dar mais valor a este dom tão precioso. Saber falar, se fazer entender claramente, sem rodeios ou necessidade de "tradução" não é tarefa simples. Mas todos nós precisamos tentar desenvolver para descomplicar relações, abrir portas, aproximar pessoas e vivermos mais felizes. Sim , pois quando nos expressamos de modo claro, o diálogo flui com naturalidade e leveza, elementos indispensáveis para embelezar a comunicação. Quando a gente se percebe incapaz desta contribuição em uma conversa, melhor mesmo é ficar quieto e ouvir. Difícil, mas em certas situações, sendo a palavra prata, o silêncio é ouro com toda certeza.


Uma semana de clareza e entendimento para todos nós!

Bjos, ;*)  ;*)  ;*)

16 comentários:

Drica disse...

Olá Norma,
É necessário ouvir mais e falar menos,com certeza,mas não é fácil.Aprendemos muito mais parando pra escutar o outro.
Ótima semana,bjos

Angela Cristina disse...

Bom-dia querida Norma... Tão certo quanto o sol vai nascer amanhã. Ficar em silêncio as veses nos custa caro no momento mas, depois de algum tempo vemos que valeu ouro ter ficado quietinho não é? Querida, obrigada por ter passado por aqui, fiquei muuuuuuito feliz com a sua visitinha, volte sempre, a visita de
vocês ilumina o meu dia. Beijos!!
MELISSA E ALECRIM.

Cheiro de Vanilla disse...

Tambem cresci ouvindo ditos...e ainda falo varios deles, publica sim, vou amar le-los.
Nossa necessidade de falar e tanta que as vezes "falamos pelos cotovelos".
Bjs e linda semana a vc.

Will disse...

Oi, Norma.

Palavras conseguem construir caminhos de nós, não é mesmo?

Adorável narrativa, a tua.

Ótima semana para todos nós!

Tina Bau Couto disse...

Clareza e entendimento nessa semana e em tds os dias. Amém!

Lembremos, busquemos e dividamos os ditados, frases, olhares, ensinamentos das pessoas que fizeram e sempre farão parte de nossas vidas e de quem somos.

Sintonia, fabulosas sintonias \o/
Fiz um post sobre frases de meu avô, mas achei mto saudosa para começar um segunda feira.

Meu carinho, palavras, silêncio, entendimento e clareza :)

Blog do Óbvio - Manoel disse...

Norma, gosto muito da sabedoria popular. Quando ouço alguma coisa desse tipo sempre pergundo o porque dessa configuração de palavras para citar uma situação e as estórias são sempre muito convincentes.
Faça mesmo uma postagem com as "filosofias" de sua mãe. A gente aprende muito com isso. É a "prática" da filosofia que deu certo.
Linda semana para você
Manoel

Sílvia Rosa disse...

Bacana esse post... e os ditados populares carregam em si muitas verdades...
Com a idade, vão se descortinando à nossa frente muitos ensinamentos. Tudo a seu tempo.
Linda semana prá você.
Beijinhos

Mariacininha disse...

Norma você já viu quantas coisas nos contam uma bolinha de sabão? E é tão silenciosa. Você não poderia ter feito um post mais bonito para o silêncio. Quase cai da cadeira. Lindo !!

Ilaine disse...

Sim, o silêncio é ouro e... "nunca me arrependi de meu silêncio."

Lindo texto, amiga!
Beijo grande

Myrian disse...

Olá Norma,
Para algumas pessoas calar é muito difícil, mas não para mim.
Já fui mais impulsiva mas aprendi com a vida a me calar.
Beijos.

Regina disse...

Oi Norma querida

Adorei o texto.

A explicação desse ditado, é a mais
pura verdade.

Só agora, com mais idade, estou
ouvindo mais do que falando, as
vezes é bem melhor.

beijo carinhoso

Regina Célia

CamomilaRosaeAlecrim disse...

Bom dia Norma! É bem verdade o que vc escreveu...mamãe sábia.
Tb acho que a fala é um privilégio...
O cuidado fica apenas em não usar palavras que possam magoar, pois elas tem poder.
A foto me lembrou meus filhos ontem brincando de bolhas de sabão...muito legal!
Bjs Norma, upa...e te desejo um ótimo dia!
CamomilaRosa

Felipe Bastos disse...

Oi Norma, adorei seu texto. Uma vez ouvi: "Ouvir é ouro. Falar é prata". Muitas vezes a língua coça... É um exercício a ser praticado na vida. Tempos que não vinha aqui, estou conferindo seus posts. Grande abraço!

www.disegnoamilanesa.blogspot.com

Margarida disse...

Bem verdadeiro e importante, o teu texto. Mas fugindo um pouquinho pro início do mesmo, gostaria muito de saber os ditos da tua mãe! É que a minha tinha um rol interminável, e também já pensei em fazer um registo deles! E hoje sou eu que os aplico nas circunstâncias, sempre lembrando dela. E ainda ontem me emocionei ao usar pela primeira vez um que ela costumava dizer: "quem nossos filhos beija, nossa boca adoça". Beijos cheios de emoção!

Regina Melo-Jocknevich disse...

Não é obra do acaso a filha ser sábia, pelo visto é herança materna :)

Paula disse...

Amei...