terça-feira, 27 de março de 2012

Viagem

Atualmente quase não assisto TV. Quando eu era bem pequena, e em nossa casa chegou a primeira TV, em preto e branco, lembro que foi uma festa literalmente.
Era um aparelho fantástico que trazia pessoas, lugares, acontecimentos, sonhos...pra dentro de nossa casa. O tempo passou e a TV mudou. E como eu também mudei, não olho pra ela da mesma forma. E ela também, não me mostra mais seu conteúdo do mesmo jeito. Fomos nos afastando e hoje somos bem distantes. As vezes, eu a procuro, mas dificilmente encontro algo que de fato me agrade. Aprecio mesmo só os programas com natureza e animais. Ah, e certos musicais. Para relembrar do tempo em que TV era sinônimo de alegria e fantasia, deixo aqui hoje pra vocês, um lembrança mágica e fantástica. Vamos para o túnel!





O que aconteceu com o Fantástico?
Era um programa maravilhoso.




Bjos, ;*)  ;*)  ;*)



4 comentários:

✿ chica disse...

Linda viagem no tempo. Nessa abertura eu estava grávida do meu 4 filho,rsrs... pena que virou um show de tragédias e bobagens... beijos,muito obrigado pelo carinho de sempre,lindo dia!chica

Tina disse...

Pois é, me pergunto várias vezes o que houve com os bons programas de tv, os bons filmes, cantores, músicas, com as mães, pais, amigos...
Me pergunto que mundo é esse.
Ai resolvo não perguntar, não querer entender e não participar, qto menos eu souber melhor.

Um dia de pequenas porém grandes boas coisas e pessoas que sempre temos e encontramos, graças a Deus.

Bjos, axé e upas!

Lorena Viana, disse...

Olá querida, vim conhecer seu cantinho! Não sei o que aconteceu com a TV, ás vezes me pergunto, o que era pra evoluir, está regredindo!
Minha filha é pequenina, mas não assisti tudo que se passa, temos regras, limites. Invés de televisão, assistir filminhos, musicais!
Um semana repleta de paz e harmonia!
Um beijo enorme.
Lorena Viana
pequena-prendiz.blogspot.com

Regina disse...

Oi Norma

Sou como voce, assisto pouquíssimo

televisão, não tem quase nada que

se aproveite.

Eu gosto de futebol e alguns jornais

um beijo carinhoso

Regina Célia