terça-feira, 20 de setembro de 2011

Viagem

O tempo voa mesmo. Ao escutar esta canção percebo que a nossa existência não passa de um sopro.É como se fosse ontem. Eu em meio a meus irmãos nas tardes de sábado, nos ensaios da banda que Miguel tocava. Íamos todos para os quarto dos fundos. Um monte de jovens e eu pirralha no meio deles, ouvindo as canções da parada de sucessos de 1968. Posso visualizar perfeitamente e minha Mãe reclamando e pedindo pra tocar mais baixo...rsrsrs...
Eu não sabia o havia por trás da letra da música, mas ela tocava em mim com beleza e suavidade. Vamos comigo agora para 1968, final do Festival de música Popular Brasileira. Não consegui o vídeo original, mas o áudio é histórico.


                                                      



A ditadura militar acabou. Mas pra onde 
estamos caminhando?

Tenha um dia de Paz.

Bjos, :*)  :*)  :*)

10 comentários:

Ilaine disse...

Único. Maravilhoso! Tempo em que era preciso ler as entrelinhas.

" A certeza na frente... a história na mão...!

É emocionante ouvir esta música!
Obrigada, Norma!
Beijo

✿ chica disse...

Adorei ouvir essa música... E lindo o teu questionamento final...beijos,ótimo dia,chica

Greice disse...

que lindo o blog
e obrgada pela viagem no tempo
ameiii
ja estou seguindo o blog e voltarei para visitar
parabens

beijos
http://blogtestandocom.blogspot.com/

Tina disse...

Relembrar é viver.

Anna Rachel disse...

Ler as entrelinhas era poder respirar!!
Não vivi esse tempo, mas ouço as histórias e me sinto aterrorizada.
Pq teve de ser assim?
Valeu a lembrança da música!!
Bjs nesse coração AmadO. ;D

milu disse...

Continuo na viagem!!Hoje, que viagem...!!!!!

Margarida disse...

Não conhecia, mas acho que todos os países têm um Geraldo Vandré. Portugal tem o Zeca Afonso. Não é do meu tempo, mas adoro as músicas dele, em que é preciso ler também nas entrelinhas as mensagens de liberdade que são cantadas. Marcos históricos.

Angela Bergamaschi disse...

ouvia essa musica quando estava na antiga sexta serie. adorava..e continuo adorando..bjos

Ana Maria ( Jeito de Casa ) disse...

oi Norma

Que tempo difíceis. Nossa te imagino novinha toda serelepe no meio da turma!!
Comecei a ver a novela no sbt e desisti, muito sofrimento, preferi me afastar.
A musica é maravilhosa, um sonho de liberdade mesmo.
Saudades de vc amiga, deixei mensagem no facebook ,mas vc não respondeu..rs

bjjuuu

Regina disse...

Histórico momento não só na história como no mundo musical brasileiro. E Viva Vandré!