quarta-feira, 13 de abril de 2011

Comer e ser feliz

A maturidade me fez uma pessoa melhor sobretudo no aspecto alimentação. Quando somos jovens comemos uma infinidade de coisas inacreditáveis. Ao lembrar da época da faculdade e pensar que eu comia cachorro quente com maionese e batata palha no vendedor de rua parece um pesadelo. Hoje este tipo de alimento nem passa perto de mim. Descobri há alguns anos a felicidade de comer saudável! São sabores suaves, cores fantásticas, texturas surpreendentes e ainda de quebra faz bem ao corpo. Dizem por aí que você é o que você come eu acredito realmente nisto. Quando experimento uma alimentação diferente ao extremo sinto na carne. No dia seguinte acordo diferente, esquisita e com um certo mal estar. Não tenho dúvidas. Foi a comida.
Tenho uma queda especial por alimentos orgânicos e sempre que posso desfruto deste prazer divino. Uma salada crua com alimentos assim parece me conectar com o que de mais puro existe no universo. Um alimento sem mácula que tem o poder de purificar meu corpo e inundar minha alma de alegria por degustar sabores tão delicados e especiais. Costumo preparar uma salada de abobrinha crua que é um delírio. Meu filho que tem 22 anos, diz que salada não leva a nada, mas um dia ele aprende.
Se você quiser provar, a receita é simples:

SALADA DE ABOBRINHA CRUA

2 abobrinhas pequenas, bem lavadas e cortadas num fatiador fino
1/2 pimenta dedo de moça sem sementes picadinha bem pequenininha
1 laranja saleta picadinha
1 tomate sem sementes 
Para o molho:
Mel
Sal a gosto
1 colher de café de mostarda Dijon
Azeite extra virgem

Tempo de preparo: 5 minutos!

Bom apetite!
uma festa de cores..

salpiquei uma pimenta do reino pra finalizar.


Bom dia pra você!
Bjos, :*)  :*)  :*)


11 comentários:

✿ chica disse...

Eu tenho sérios problemas com as comidas. Folhas me fazem mal!

Mudei todos os meus gostos. O que antes era bom, hojem nem posso enxergar.Ainda bem que com o maridão não aconteceu,srsrs)

Não tenho muito saco pra comer só o que devo, mas agora, numa fase de tratamento com corticóides por 32 dias ,estou me cuidando muito.

Meu corpo é anti remédios e estou sendo abalroada com um coquetel deles.Um saco, mas vai passar!!! beijos,linda salada!chica

Margarida disse...

É bom comer saudável, né? Estou nesse caminho também, apesar de cometer ainda muitos pecados. Por cá diz-se que até uma certa idade se vive para comer e a partir daí come-se para viver. Saber comer é saber viver. Bom apetite.

Ana Maria ( Jeito de Casa ) disse...

oi Norma

Estou muito longe desse caminho ainda...apenas deixo de comer algumas coisas porque já vejo que na minha idade não cai mais muito bem... já sei que vai dar azia...
que bom vc ter encontrado esse caminho e esse equilíbrio pra seu corpo!!!

bjus amiga

Angela Bergamaschi disse...

ficou linda a salada e com uma cara super saborosa.vou fazer...bjos

Flaviane Koti disse...

Olá, sempre vejo seus comentários no blog da Anna e penso em te visitar mas os dias passam e ficava para depois até que hoje vim, desculpe a demora a sinceridade e chegar sem avisar.
Gosto de coisas simples tbm e isso foi algo que me atraiu até aqui, gostei da salada de abobrinha, ainda vou fazer, mas o que me chamou a atenção mesmo foi a foto no final da página. AH doce Maringá!!! Morei lá até os 16 anos, depois o vento soprou e soprou e hoje só vou para visitar meu pai mas é e sempre será minha cidade do coração.
Prazer em conhece-la.
Bjs, volto mais vezes

Batata Roxa disse...

Oi, Querida,

Vou fazer essa saladinha no fim de semana. Depois eu conto!
Bom fim de semana, tá?
Bjs

Anna Rachel disse...

Norma QueridA, q comidinha mais gostosa.
Tem td q eu gosto e ainda é saudável. Não sou fã de laranjas, mas dessa forma eu como. Gosto de misturar.
Acho q sua saladinha é uma profusão de cores e sabores. ;D
Hummmm, até deu água na boca.
Bj grande no coração.

Ahhh, e q maravilha q a Flavi Koti está aqui tb. Ela é uma japinha de coração iluminado e uma pessoa maravilhosa. ;D

Regina disse...

Eu não como muito saudavelmente não Norma. Ainda como cachorro quente. Muitas vezes fazer uma alimentação mais saudável em casa, mas o marido não ajuda muito neste aspecto. Eu adoro abobrinha, e isso ele aprendeu comigo a gastar. Vou experimentar essa receita.

Regina disse...

Eu não como muito saudavelmente não Norma. Ainda como cachorro quente. Muitas vezes fazer uma alimentação mais saudável em casa, mas o marido não ajuda muito neste aspecto. Eu adoro abobrinha, e isso ele aprendeu comigo a gastar. Vou experimentar essa receita.

zana dias disse...

Procuro comer de forma saudável. De longe a muito longe, lá vem um "pecadinho", mas penso que como não é a regra, também esse desvio é saudável! Tenho sorte q a família acompanha! Hei-de experimentar a tua salada quando o verão por cá se instalar!;)

Brinco de Princesa disse...

Nossa que delícia, já vou imprimir pra tentar no final de semana.