terça-feira, 12 de abril de 2011

Brilho do amor

Como uma luz que irradia, o amor é natural e a nada se opõe. O sol derrete a neve sem se esforçar. Apenas irradia seu calor, e a neve desaparece naturalmente. Do mesmo modo, o amor não reconhece o mal nem se apega ao bem, apenas ama. Apenas ora, brilha e agradece. Brilha sempre e ama, mesmo que seja insultado; brilha mesmo sendo alvo de escárnio.


Do livro Utsukushiku Ikiyo
pt.dreamstime.com








4 comentários:

✿ chica disse...

Que o amor possa brilhar sempre!beijos,lindo dia!chica

Pauli Cividini disse...

Se não fosse o amor, o mundo estaria bem mais cruel, o amor cura todas as dores.

Ana Maria ( Jeito de Casa ) disse...

oi Norma, difícil decrifar o amor né!!! só sentindo pra entender..hehe
olha, escrevi pra uma amiga no rio, ela já comprou os divininhos por aí.. depois se ela me passar a loja te aviso.
A cartolina foi um achado fofo né!!!a gente vai buscar uma coisa e acha outra, ainda bem que não fiquei de maos vazias..

bjus amiga

Margarida disse...

Não querendo copiar-te, mas... Amém!! E isso diz tudo.