segunda-feira, 20 de fevereiro de 2012

A palavra que não se traduz (2)

Assim que criei o jeito simples, fiz uma postagem falando de saudade em que citei meu filho Gabriel. Hoje estou novamente com o mesmo tema na cabeça e sobretudo no coração. Sentir saudade é bom, há quem diga. Sim, muitas vezes este sentimento ímpar pode até ser gerador de felicidade. Mas a minha saudade de hoje está mesmo doendo. Porque nela habita o amor maior que existe dentro de mim e nos próximos 363 dias terei que administrá-la de maneira correta. Desta forma farei dela uma ponte de ligação entre mim e Gabriel. Ele foi estudar na Universidade Politécnica de Milão e só voltará para casa em fevereiro de 2013. Claro que poderei "vê-lo" através da internet, poderei falar com ele sempre que possível, mas sua presença física, seu carinho, seu olhar maroto, seu amparo e seu abraço que acolhe estão agora há muitas milhas de distância, com um enorme oceano no meio. Sinto um orgulho sem tamanho dele, pela conquista de estar lá fazendo o que escolheu pra sua vida, crescendo a cada passo, buscando seus sonhos e fazendo tudo isso com muita alegria, muita garra. Ele pra mim, é apenas um menino, que entrou num avião no sábado cheio de coragem e assombro rumo a um mundo totalmente desconhecido, mas que está disposto a conquistar. Sei que quando ele voltar, trará uma bagagem infinitamente maior do que a que levou e o meu menino vai estar mais crescido e acrescido de humanidade e sensibilidade por tudo que ele irá viver lá. E eu aqui, também, pois ele, sem saber, com seus passos largos e firmes, me carrega junto e me faz a cada dia uma pessoa melhor e mais forte.
A saudade é grande, mas muito maior que ela, é com certeza o meu amor.



Olha o meu menino aí gente, curtindo um passeio de barco na Baía de Guanabara,
na quarta feira passada...

Buon pomeriggio a tutti noi !

Baci, ;*)  ;*)  ;*)









24 comentários:

✿ chica disse...

Norma, sei EXATAMENTE O QUE ESTÁS SENTINDO.
PASSEI POR ISSO E FOI DURO.

MAS ELE TEVE SUCESSO POR LÁ, TANTO QUE CASOU, FICOU. DEPOIS VOLTOU PRA CÁ E DEVIDO A INSEGURANÇA, QUASE MORRERAM ELE E FILHO, FORAM DEFINITIVAMENTE EMBORA DESSE NOSSO PAÍS.


Agora, ficamos na torcida pelos encontros. São ótimos, mas sempre a saudade faz parte de nossas vidas.

Espero que passe logo e que fiques bem.

E, tem outra.

Junta uma graninha, faz em prestações até perder de vista e quando der, vai lá!


Te cuida e SORTE pra ele! beijos,chica

Tina disse...

Lindo post!

Saudade é palavra que só existe na língua portuguesa, somos visceralmente sentimentais...eu pessoalmente gosto de ser assim, de sentir, de gostar, de querer, de amar, de ter saudade.

O ritmo do blog e o da sua saudade vai ser o seu ritmo, com td meu carinho e apoio e de seu filho, marido, amigos.
Sem regra, sem manual.

“Desejo que tudo que mais lhe importa floresça. Que cada florescimento seja tão risonho e amoroso que atraia os pássaros com o seu canto, as borboletas com as suas cores, o toque do sol com seu calor mais terno, e a chuva que derrama de nuvens infladas de paz. Desejo que, mais vezes, além de molhar só os pés, você possa entrar na praia da poesia da vida com o coração inteiro e brincar com a ideia que cada onda diz”.
Ana Jácomo

Anônimo disse...

Ah minha querida, sei tudo que estás passando de cor e salteado. Mas não tem orgulho maior para uma mãe que ver sua cria tomando o rumo que ela própria escolhe. E o seu menino é mesmo admirável, só voltará melhor ainda. Tenho certeza qua além de crescimento para eles, também é para nós mamães. Além do grande amor que tenho pela minha filha, tenho-lhe enorme admiração. Não é nada fácil, mas são os desafios que temos que enfrentar.Força e o meu carinho.Bjs. Maria Eliza

Anônimo disse...

Hoje vc me emocionou de verdade!
Cada palavra foi fazendo passar um filme na minha mente e estou muito orgulhosa do Gabriel,como sempre disse a vc ele e especial.
Tudo de bom para ele, mande um bjao meu quando puder. Fique bem,um ano passa muito rapido.
beijo p vc, Lilica.

Daniele disse...

Caramba, Norminha!
Que misto de orgulho, felicidade e saudade!
Vai passar rapidinho e como você disse, o crescimento dele não pode ser mensurado aqui.
Já tens uma boa e enorme desculpa para passear do outro lado do oceano.

Beijo grande e uma ótima semana.

Lenira LUZ DEL SOL disse...

Desejo todo sucesso do mundo para o seu garoto.Assim como você sente saudades dele,ele sente de você.Mas quando ele voltar,vocês vão ter muitas histórias para contar e ele vai ter,como você disse uma bagagem bem maior e isso vai fazer uma grande diferença em seu futuro profissional.Mas,quem sabe você não possa dar um jeito de ir até lá?É uma boa razão para você conhecer viajar para a Itália.Beijos e felicidades para você e seu filho.

Gabriel disse...

Nada a acrescentar, mãe! você está certissima! :)
te amo!

Myrian disse...

Essa imagem de Gabriel atravessando o portão de embarque e partindo corajoso rumo à própria vida,você nunca vai esquecer. Mas, quando você lembrar dela, daqui a algum tempo, será acrescida da certeza do seu amadurecimento e fortalecimento.
Torcemos todos por Gabriel.
Beijos.

Margarida disse...

Minha querida, sinto aqui a tua saudade como se fosse minha. Mas certa de que tudo contribui para o vosso bem e que grandes lições todos irão aprender com a experiência. E qualquer coisa, apita, que em duas horas ponho-me lá para dar o teu recado ao Gabriel! Beijo.

Regina disse...

Oi Norma, tudo bem?

Seu filho Gabriel é lindo.

Eu imagino o que estás sentindo,
porém só imagino, porque nesse caso
só voce sabe.

Mais vamos pensar que é para o bem
dele, assim fica mais ameno.

So ó comentário dele aqui, já
traduz o amor entre voces, lindo.

um beijo carinhoso

Regina Célia

Eliete disse...

Norma, sei o que você está sentindo.também sou mãe e minha filha casou em maio e a vejo pouco e a saudades é imensa.bjs

Tina disse...

"Apagaram tudo
Pintaram tudo de cinza
A palavra no muro
Ficou coberta de tinta
...
Nós que passamos apressados
Pelas ruas da cidade
Merecemos ler as letras
E as palavras de Gentileza
...
O mundo é uma escola
A vida é o circo
Amor palavra que liberta
Já dizia o Profeta"
Marisa Monte

Força de braseiro e leveza das cinzas pra seu coração.
Beijos com doçura dos anunciados ovos de páscoa :)

Ana Maria disse...

Ei amiga, ei vendo a sua postagem e já querendo chorar, rs
acho que é a saudade antecipada que dia 5 o Gu volta pra joinville, rs.
mas brincadeiras a parte, imagino teu coração entre a saudade e felicidade dessa conquista do filhote lindo!

muitos beijnhos no seu coração!

lenalima disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Mariacininha disse...

Que bonito! Você sempre expressa tão bem os seus sentimentos. É um motivo de orgulho quando os filhos colocam um oceano entre eles e nós, mas a saudades é mesmo de doer.
Beijos

Tina disse...

“Desejo que o seu melhor sorriso, esse aí tão lindo, aconteça incontáveis vezes pelo caminho. Que cada um deles crie mais espaço em você. Que cada um deles cure um pouco mais o que ainda lhe dói. Que cada um deles cante uma luz que, mesmo que ninguém perceba, amacie um bocadinho as durezas do mundo.”
Ana Jácomo

Sheila do Blog Passarinhos no Telhado disse...

Sei bem o que é isso, pois minha sobrinha com apenas 17 anos foi fazer um intercâmbio nos EUA. Ficou 6 meses lá! Mas o skype é maravilhoso e podíamos acompanhar a vida dela de perto. No Natal, a minha irmã colocou um telão na sala e ela passou o natal conosco!
Graças a Deus que hoje em dia tem essas tecnologias, que você verá o quanto elas ajudam a passar o tempo. Em breve ele estará de volta, cheio de histórias pra contar!
Beijos Norma e que Deus acalme o teu coração de mãe.

Regina disse...

Oi Norma, tudo bem?

Adorei a sua visita e as palavras
adoráveis.

Se eu puder te ajudar em algum trabalho, que eu saiba, te ajudo com
o maior prazer. Mais Skype, eu não tenho, sou caipira, se é que estava
falando sério.

Se precisar molde, explicação,
qualquer coisa que eu possa ajudar, estou as ordens.

um beijo carinhoso

Regina Célia

Regina disse...

Olá Norma

Vim agradecer a ajuda que me ofereceu, mais vai ser impossível.

Sabe? MARIDO, não aceita skype, não
entra na cabeça dele que é útil,
então para não criar confusão em
casa, deixei pra lá. Já deu muito pano pra manga aqui, em outra ocasião que parentes foram estudar em outros lugares.

Espero que me entenda e me desculpe
mais prefiro ser sincera.

um beijo carinhoso

Regina Célia

Val Artes Digitais disse...

Oi amiga, achei seu blog lindo, já estou seguindo e sempre que puder passarei por aqui, trabalho com artesanato em eva, venha conhecer meu cantinho ficarei muito feliz.

Não deixe de curtir minha página no Facebook se puder tá.....bjs

valartesdigitais.blogspot.com

Val

Tina disse...

Vim solicitar post novo amanhã.
E domingo quero retrato de domingo, seja cinza, de saudade, de sol ou de nuvem, eu quero.

"Trancar o dedo numa porta dói. Bater com o queixo no chão dói. Torcer o tornozelo dói. Um tapa, um soco, um pontapé, dóem. Dói bater a cabeça na quina da mesa, dói morder a língua, dói cólica, cárie e pedra no rim. Mas o que mais dói é saudade.
Saudade de um irmão que mora longe. Saudade de uma cachoeira da infância. Saudade do gosto de uma fruta que não se encontra mais. Saudade do pai que já morreu. Saudade de um amigo imaginário que nunca existiu. Saudade de uma cidade. Saudade da gente mesmo, quando se tinha mais audácia e menos cabelos brancos. Dóem essas saudades todas.
Mas a saudade mais dolorida é a saudade de quem se ama. Saudade da pele, do cheiro, dos beijos. Saudade da presença, e até da ausência consentida. Você podia ficar na sala e ele no quarto, sem se verem, mas sabiam-se lá. Você podia ir para o aeroporto e ele para o dentista, mas sabiam-se onde. Você podia ficar o dia sem vê-lo, ele o dia sem vê-la, mas sabiam-se amanhã."
Martha Medeiros

Beijo de quem tá com saudade de seus coments e posts mais frequentes.

Anônimo disse...

lembrei de um poeta gaucho, chamado Lauro Rodrigues, que escreveu a poesia Saudade..
No final fala assim se é que me lembro ...
Saudade coisa esquisita
que Deus, te faça bendita
como a hóstia no altar
Pois de tudo que já tive
Somente a saudade vive..
Vive a me acompanhar..

Querida Norma, fique feliz e em paz...junto a teu marido, e ao Quanto ao Gabriel está numa missão de crescimento e realização..

Bira brites

Regina disse...

Oi Norma, como anda essa saudade depois de alguns dias da partida do Gabriel.
Saudade é um sentimento que até doi, literalmente. Ainda bem que hoje em dia temos o skype para amenizar um pouco essa dor.

Anna Rachel disse...

Norma minha QueridA, qta felicidade sinto por vc e por seu menino tb. Imagino q seja dolorido, e a Tina falou muito bem sobre isso aqui em cima, mas, como vc tb disse, Gabriel voltará mais crescido e acrescido de td q verá, aprenderá e viverá na terra distante.
Lembre-se q estamos por aqui e amamos seus posts e comentários.
Sinta-se fortemente e carinhosamente abraçada.
Excelente fim de semana para vc e tds nós.
Bjokas. ;D